CLOSURE

Closure. Expressão da língua inglesa que significa “encerramento, o ato de fechar, conclusão”. Mais uma daquelas expressões que perdem muito quando traduzidas. Para mim é aquela sensação de fim, de missão cumprida, de fechamento, de ciclo que se encerrou.

Closure. A gente sempre precisa dele. Quando não temos a sensação de que realmente chegou ao fim, quando parece que faltou explicação, razão, causa ou conforto, só resta a dúvida. E enquanto há dúvida, há dor.

Quando o fim é abrupto, repentino, sem explicação, fica o vazio. Claro, se pode olhar para trás, perceber sinais até então imperceptíveis, revisar cenas vividas, tentar achar a razão, o motivo, o porquê. Mas não há porquês. Não há razão. Só o fim.

Closure. A sensação de que tudo ficou resolvido, de que não há mais pontos a serem resolvidos, a ausência de dúvida, a certeza de que o fim foi o melhor para todo mundo. O final perfeito quando o final não pôde ser perfeito. Paz de espírito para todos os envolvidos. Final feliz.

Será possível? Uma guerra sem baixas, um término sem dor, uma simples mudança de estado, uma passagem calma e tranquila. Difícil acreditar. Porque nem todas as explicações, nem todas as razões te darão razão. Nem mesmo a certeza do fim, a clareza das palavras irão convencer alguém nesse momento. Então chega de conversa, de motivações, de esclarecimentos.

A tal sensação de plenitude, o final perfeito, só chega quando o ciclo chegar ao fim. E sempre chega ao fim para um primeiro. Então engole tuas dúvidas, esconde tuas incertezas e segue em frente. Pro retardatário não há sensação de plenitude, só resta a distância, o tempo, o afastamento. Até que em um belo dia verás que aquilo que parecia que nunca seria encerrado, magicamente se concluí.

Anúncios

Um pensamento sobre “CLOSURE

  1. Lucia Peixoto disse:

    Me encantei com o texto! Estava buscando no google compreender o significado dessa palavra e caiu como uma luva! Encerrar um ciclo é preciso! Na meditação pelas técnicas indianas aprendemos a controlar a respiração pra aquietar o “macaco” que existe na nossa mente. Aquela sensação da mente ir para o passado e para o futuro , mas não se fixar no presente. E a vida é o presente! “Closure” é preciso! Obrigada pelas palavras! Abç

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s