OLHAR PARA BAIXO

Acostumei-me a olhar para baixo. Olhava sempre pra cima, ou nunca mais abaixo que a altura dos meus olhos, e nunca percebi tudo que deixei passar. Mas um dia olhei pra baixo, meio sem querer, sem aviso, por acaso. Olhei pra baixo e vi o que há muito não via. Olhei para baixo e vi o que nem sabia que estava ali, parado, escondido, congelado, esperando para aparecer. Uma vida toda olhando pra cima e tudo que eu mais precisava encontrei ali, quando virei os olhos. E sem saber, ao olhar para baixo,  finalmente consegui ver algo e alguém tão maior, tão melhor, tão pra mim. E hoje meus olhos já não sabem mais não olhar para ti.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s